Compartilhe

Na última semana, o Choque de Energia trouxe para o debate as temáticas: sustentabilidade, emissões e crédito de carbono. O assunto, que está em amplo debate mundialmente, chegou ao Brasil e vem sendo liderado pela EPE. A ABRACE está participando da discussão, apresentando nossas ponderações e preocupações.

Entendemos que é conectando o mercado nacional a um mercado global que os créditos de carbono podem contribuir para a redução do custo médio da energia. Além disso, é importante que o mercado brasileiro de carbono alcance toda a economia e não se restrinja somente ao setor elétrico. 

Nesse contexto, vale lembrar que o Brasil é o país da energia renovável, com potencial de expansão. Mas, para alcançar a vantagem competitiva da qual é capaz, é preciso modificar o modelo atual, que prioriza subsídios, gerando custos sistêmicos que são pagos por todos os consumidores.

Confira o vídeo a seguir e saiba mais sobre o que a ABRACE pensa sobre o tema:

Sobre o Choque de Energia    

Toda semana a ABRACE compartilha o Choque de Energia, uma série de vídeos com o objetivo de expor a opinião da associação acerca das temáticas mais relevantes para o setor de energia e de gás natural. Com apresentação de Paulo Pedrosa, presidente da ABRACE, os vídeos trazem, de forma rápida, o que mais mobiliza ou impacta os grandes consumidores e o setor de energia naquela semana.     

O Choque de Energia vai ao ar semanalmente no canal oficial da Abrace no Youtube e nas redes sociais. Você também pode participar, enviando a sua contribuição para abrace@abrace.org.br.   


Compartilhe