Compartilhe

O Brasil completa, em junho de 2020, um ano do lançamento do programa Novo Mercado de Gás, que reflete um movimento que vem sendo discutido no Brasil há mais de uma década e pode ter um resultado muito relevante para o desenvolvimento do país e para a reindustrialização com grande oportunidade de ampliar o crescimento do Brasil.

Em busca de ações que incentivem a retomada da economia, cerca de 60 entidades, associações e sindicatos ligados à indústria solicitam aos líderes do Congresso um posicionamento mais firme para aprovar a Lei do Gás, ou o projeto 6407/2013.

O gás natural é um insumo fundamental para inúmeros setores importantes da nossa economia: alimentos, medicamentos, extração e tratamento de minérios, siderurgia, indústria química, vidros, cerâmica e para geração de energia elétrica. Dotado de uma riqueza imensa desse gás nas reservas terrestres e marítimas do Pós-sal e do Pré-sal, o Brasil poder á dobrar a oferta deste insumo no mercado e, por meio da introdução da efetiva concorrência, tornar seu preço mais competitivo. Hoje, as tarifas de gás natural no Brasil estão entre as mais altas do mundo.

A indústria do gás natural e dos produtos associados podem aumentar em R$ 60 bilhões por ano os investimentos no país, gerando mais de 4 milhões de empregos.

Para ler o documento completo, clique aqui.

 

 


Compartilhe